Compre o seu guia! Acesse nossa loja online e garanta seu exemplar do Prato Firmeza.
First slide First slide

Salgados veganos e café de pequenos produtores são as estrelas desse charmoso espaço perto do metrô

Texto e fotos por: Paulo Ribeiro

  • Café
  • Opção Vegana
  • Opção Vegetariana
  • Wi-Fi

Você já foi guiado por uma sensação? Andando em busca de comida boa na zona Norte de São Paulo, notei algo diferente no ar. O denso e conhecidíssimo aroma de café inundava um quarteirão inteiro, e, ao segui-lo, cheguei a um aconchegante cafezinho chamado Cafeína SP, pertinho do metrô Santana.

O local funciona desde 2015, mas foi completamente reformulado em 2017, quando foi comprado pelo casal Caio Lourenço e Jéssica Oliveira, que pensou em novas diretrizes para o local. A primeira delas era ser amigável com os vegetarianos, já que seus donos não comem carne; mas a boa recepção das opções alimentícias acabou tornando o local totalmente vegetariano. Caio e Jéssica cuidam do café durante a semana e contam, aos finais de semana, com ajuda de Fábio Oliveira, irmão de Jéssica.

Lá também são servidos salgados integrais vegetarianos deliciosos, como o de abóbora com carne de soja e o quibe vegano (R$ 7). Todos são acompanhados por um creme à base de iogurte com mel, que combina perfeitamente com os sabores dos pratos salgados. Os quitutes não são produzidos por eles devido à falta de espaço – são comprados de um pequeno produtor que faz somente sob encomenda.

O Cafeína SP sempre oferece um bolo do dia, feito por eles mesmos, e algumas opções de lanches, como o tostex de queijo e tomate, sempre fresquinho (R$ 6). Lá não há nenhuma estufa para manter os salgados ou lanches aquecidos – eles geralmente são preparados no momento do pedido.

Para acompanhar as opções de comida, peça um… café, é claro. O cardápio, que fica escrito na parede, tem algumas das opções que mais têm saída na casa. Do clássico expresso ao “choconhaque”, mistura que aquece até o mais gelado dos corações, eles com certeza terão algo para lhe oferecer. O carro-chefe da casa é o mocha, que leva chocolate, expresso, leite e espuma de leite (R$ 7). Bebendo a encorpada mistura, é fácil entender porque é o mais pedido. O café é comprado de um produtor que vende pequenas torras de um grão sem misturas. Eles também têm diversas opções de chá quente e gelado. Uma tacada certa é o chá de hibisco, um clássico da casa.

O café atende desde grupos alternativos da região até pessoas que trabalham nas redondezas que vão até lá para almoçar. É um lugar para relaxar e passar um tempo – e o wi-fi permite até que se trabalhe por ali.

Preço Médio

R$10

Como Chegar

Do metrô Carandiru, andar no sentido Santana e virar na primeira rua à esquerda. O Cafeína SP fica ao lado do estacionamento de esquina das avenidas General Ataliba Leonel e Santos Dumont.

Voltar

Tapiocaria Parada Inglesa

Ele se dedica à iguaria nordestina muito antes do modismo. E hoje faz uma das melhores - e mais recheadas - tapiocas da região

AlibaBar

Libanesa desenvolveu o cardápio e ensina receitas aos funcionários