Compre o seu guia! Acesse nossa loja online e garanta seu exemplar do Prato Firmeza.
First slide First slide

Com a qualidade e tempero, carrinho ganhou o título popular de melhor churrasquinho de Diadema

Texto e fotos por: Alexandre Ribeiro

  • Churrasco

Em uma quebrada tão distante, fora do município de São Paulo, o ex-presidente da cooperativa de churrasco da cidade de Diadema, Seu Domingos, estaciona seu carrinho de churrasco bem no meio da Praça da Rua Treze de Maio, número 228 – localizada no Jardim Canhema, em Diadema. E é exatamente lá que você encontra o melhor churrasquinho desse mundão.

A praça da Rua Treze de Maio é um ambiente pra você se sentar, jogar conversa fora, apreciar um bom churrasco e reparar em como as pessoas estão sempre correndo. Um ambiente tranquilo, em um ponto estratégico do bairro. Tem gente que atravessa Diadema inteira atrás das iguarias de carne e faz questão de levar os churrasquinhos para casa. São pessoas das mais variadas, desde criancinhas comprando pro pai até senhoras de idade que compram o churrasco para comer no jantar.

Em 2002, Seu Domingos, ex-segurança de bancos, ficou desempregado por meses e precisava levantar uma grana para sobreviver. Foi aí que resolveu vender churrasco. Sem experiência alguma, começou como uma aventura que foi sendo vivida juntamente com um curso de cabeleireiro. Quê?! Ex-segurança de banco, churrasqueiro e cabeleireiro? Calma, que quanto mais a vida fica loka, mais ela fica daora. Bem no comecinho, ainda participando do curso de cabeleireiro, comentou com um dos professores que teria que largar as aulas para fazer uma grana, trabalhando integralmente como churrasqueiro. O professor quis ajudar; disse que manjava de churrasco e que tinha umas dicas que poderiam fazer o Seu Domingos ter um diferencial em seu carrinho. E realmente o ajudou. Passou receitas, modos de preparo, o tipo de carne e, em especial, o tempero secreto que faz a carne ficar suculenta de uma maneira única. As vendas foram um sucesso! Mesmo assim, Seu Domingos não se contentou. Além de ter melhorado a qualidade das carnes com processamentos e cortes, resolveu mexer no tempero do professor.

Por já ter sido motivo de longas brigas que dariam um livro, o segredo do tempero é guardado a sete chaves, e as únicas informações que obtivemos é que o churrasco é feito de “fraldinha maturada”, comprada de um fornecedor desde 2002, cortada e processada diariamente por Seu Domingos e sua esposa.

A especialidade da casa é o churrasco de carne e o diferencial é o já citado tempero secreto. O churrasquinho é tão bem feito que até as gorduras que ficam no espeto são temperadas. Lindimais! Depois de um tempo, aquele professor foi comer um espetinho e ficou surpreso. Ele notou uma grande diferença do tempero original que havia ensinado ao Seu Domingos. O mestre quis saber o segredo e, segundo o churrasqueiro, hoje, somente ele, o professor e sua esposa dominam essa arte do espetinho sagrado. Seu Domingos é rua até umas horas!

 

Destaque

Espeto de Carne (R$ 4)

Preço Médio

R$10,00

Como Chegar

Linhas de ônibus – 254 ou 358
Desça no ponto da R. Treze de Maio, 96-202 e caminhe em linha reta até a praça no número 288.

Ouça a reportagem

Voltar

Bar do Almir

Baiano largou o emprego para vender espetinho do seu jeito

Açaí Conquista

Angélica mistura a massa de açaí artesanal com frutas frescas trazidas pelo marido caminhoneiro além de vender comida natural