Estrutura do texto jornalístico

Teoria

Leve pra vida!
Рtexto jornalístico conta uma história
– pra quem vc escreve?
Рque espaço você tem ou quer usar?
Рvai ter só texto ou mais recursos?
Рjá tem linguagem e abordagem definidas ou é a sua? descubra e construa a sua (copie, treine) e conheça o veículo para escrever com a abordagem e linguagem certas

Qual a história que você tem e vai contar?

– vem de dados, pesquisa, as 6 perguntas

Organize a informação que tem e responda a pergunta da forma mais clara possível (pra si mesmo ou alguém).

Como começar o texto?

Tipos de abertura, sempre tendo como norte ‚Äúa hist√≥ria que estou contando‚ÄĚ.

– lead > http://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2015/04/22/reconstrucao-pode-levar-um-ano-diz-prefeito-de-cidade-atingida-por-tornado.htm

Рimagem, história que resume > http://educarparacrescer.abril.com.br/politica-publica/pedibus-542635.shtml

– frase > http://revistapiaui.estadao.com.br/edicao-103/esquina/uma-noite-brasiliense

– suspense pra puxar o leitor > http://revistapiaui.estadao.com.br/edicao-103/esquina/dra.-kd-vc-

– impacto > https://brasil.elpais.com/brasil/2017/04/04/politica/1491332481_132999.html

– pergunta > http://g1.globo.com/economia/noticia/2013/11/fotografo-lanca-livro-com-fotos-cliches-sobre-crise-na-europa.html

E depois?

Crie um mapa dos assuntos. Pode ser por capítulos, ou uma caixa com papeis, ou relato da história com palavras-chave, ou hashtags. O que fica e o que vai pro lixo? Comece aí o processo de edição. Quanto mais descartar, melhor. Decida o que é fundamental: informação nova, forte e contexto para que todos entendam.

Costure a história

. Alterne dados, informa√ß√£o de pesquisa com descri√ß√Ķes, relatos e frases. Informa√ß√£o dura (dados) e mole (hist√≥rias) devem conversar
. Um par√°grafo deve “chamar” o outro, apresentando alguma informa√ß√£o que vai ser detalhada, “endurecida”, no seguinte.

Falas, voz dos entrevistados:

. Quando e quanto eles merecem? A escolha deve ser sempre por relev√Ęncia
. Como entram? Por meio de travessão, aspas ou menção indireta (na boca do autor do texto)

Regra de ouro > simplicidade sempre: frases n√£o muito longas, palavras simples e comuns